Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

CONHEÇA O HIP HOP NA QUEBRADA, PROJETO QUE VEM IMPULSIONAR NOVOS TALENTOS DO DF

Iniciativa da Cinese Audiovisual com o Selo Trap Rei impulsiona novos nomes do cenário Hip Hop com gravação de clipes e disco colaborativo.

O hip hop desde a sua origem é a forma de expressão das periferias, seja nos guetos estadunidenses, quebradas paulistas ou nas “cidades satélites” brasilienses (Regiões administrativas), o hip hop se firmou como comunicação da forma de vida e expressões dessas realidades.

O produtor musical Alisson Melo do Selo Trap Rei, mais conhecido como Mulumba, conta que “Inicialmente o Hip Hop era visto de forma preconceituosa, como uma arte de menor expressão e sem perspectiva de ascensão. Mas o estilo musical transcendeu e evoluiu para uma forma de expressão que além de salvar e transformar realidades se tornou uma arte economicamente viável, sendo o ritmo musical mais escutado ao redor do mundo.”

Diante disso, com a proposta de movimentar a produção independente, impulsionar novos talentos e fomentar a formação de novos públicos, a Cinese Audiovisual realizou, com recursos do fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, a primeira edição do projeto Hip Hop na Quebrada que capacitou artistas iniciantes através de 4 oficinas para produzirem seus beats, escreverem rimas e gravarem suas músicas e vídeos de forma independente, utilizando técnica, criatividade e estratégias para uma comunicação efetiva com o público.

A capacitação culminou em uma Mostra com as atividades realizadas pelos participantes e a partir do resultado foram selecionados 5 artistas que puderam participar de mentorias com objetivo de aceleração de carreira, gravação de videoclipes e do disco colaborativo “Hip Hop na Quebrada” Volume I.

“Foram 4 meses desde a divulgação do projeto até a publicação dos clipes e das músicas, todos que participaram, puderam mostrar seus talentos aprimorados com as oficinas, a partir disso 5 artistas foram selecionados, cada um com formas de se expressar musicalmente diferentes, mas que tiveram uma unidade estética e musical na realização desse projeto, acompanhamos e orientamos todas as etapas de produção, desde as mentorias individuais até os lançamentos na rede, um sentimento de dever cumprido, pois proporcionou que esses novos artistas estreassem no mercado com um clipe e uma música profissional” diz LeoMon, cineasta e produtor da Cinese Audiovisual.

O trabalho realizado com os artistas selecionados aconteceu nos meses de agosto a outubro, e os resultados já estão disponíveis nas principais plataformas digitais e nas redes da produtora independente Cinese Audiovisual.

Confira: https://cineseaudiovisual.hearnow.com/

Spotify: https://spoti.fi/3gBSpsh

Deezer: https://bit.ly/3SvF5TV

Apple Music: https://apple.co/3f6sCbk

YouTube:https://bit.ly/3TyO0oM

Instagram: @cineseaudiovisual

Josh

Músico, produtor, compositor, ator e artista visual, com obras sensoriais e auto expressivas, também com ligação à pobreza e a realidade cotidiana. Lança oficialmente – agora com o projeto – seu primeiro trabalho musical.

Analu

Educadora, a(r)tivista e geógrafa, suas composições circulam em varias esferas políticas. “Pois viver é um ato político e revolucionário!” afirma. Ela canta e compõe desde 12 anos, mas começou a investir na música verdadeiramente a partir de 2016. Circula entre o R&B, Rap, MPB e música experimental.

Dedel Marques (ETÉREA)

Compositor e produtor musical, iniciou sua carreira no ano de 2011 como vocalista da banda ORDONAY. Em carreira solo, como ETÉREA, lançou em 2020 3 Singles que buscam explorar sonoridades já bem difundidas mas com uma abordagem mais pessoal, dentro das nuances do hip hop clássico, explorando samples e timbres característicos desse tipo do ritmo.

Nalía Falcão

Poetisa, Compositora e Rapper, Nalía Falcão apresenta suas primeiras poesias autorais, também rodas de freestyle, em 2014. Batalha da ideia, Sarau-vá e Slam das Minas foram alguns dos eventos que marcaram sua trajetória artística. Suas letras falam de reconhecimento de espaços e vivências que passeiam entre o amor e a dificuldade cotidiana que é viver na periferia.

Madin

Cantor e compositor, fundador da batalha Samamba Street e cria da Samambaia. Desde 2013 participa de batalhas de rima do DF e Entorno, foi vice-campeão da primeira edição da Expo Hip-Hop do Brasil realizada em Brasília, campeão da edição 2014 do Calango Pensante. Atualmente em carreira solo, lançou em 2017 seu primeiro CD físico, intitulado SINCE MCMXCIX.

Deixe seu comentário:

PARCEIROS

parceiros